Associação Brasileira de Psoríase, Artrite Psoriásica e de outras Doenças Crônicas de Pele

Blog

 

Projeto proíbe substituição de medicamento biológico por biossimilar sem anuência médica

5 de março de 2020

Sexo e a psoríase

Relacionamentos e intimidade podem ser desafiadores para qualquer pessoa, com ou sem uma doença de pele. No entanto, sentir-se confiante, e mais especificamente, sentir-se sexy, pode ser muito mais difícil quando a sua pele está avermelhada e inflamada. Quando o assunto é tirar a roupa, todo mundo tem um pouco
Blog

6 de fevereiro de 2020

Como age a psoríase

Quando nos machucamos, nosso organismo começa a agir para consertar o dano. Rapidamente o sistema imunológico entra em ação para começar a reconstruir a área ferida. Os vasos se dilatam e sangue extra é enviado ao local do machucado carregando glóbulos brancos, plaquetas, etc., para defender nosso organismo de corpos
Blog

6 de fevereiro de 2020

Psoríase em placa

Dos tipos de psoríase, este é o mais comum entre toda a população. Cerca de 8 em cada 10 doentes de psoríase tem este tipo da doença. Este tipo de psoríase é conhecida no mundo médico como psoriases vulgaris (psoríase vulgar). A psoríase em placa causa pele vermelha e inflamada,
Blog
Estatísticas da artrite psoriásica – Em 85% dos casos, as pessoas desenvolvem psoríase antes de desenvolverem artrite psoriásica. – A artrite psoriásica pode aparecer a qualquer momento, mas geralmente aparece depois que se passaram no mínimo 10 anos desde os primeiros sintomas da psoríase. – A doença geralmente se manifesta
Blog
Aproveite o banho de sol: tome banhos de sol com protetor sinal pelo menos 15 minutos por dia. A falta da vitamina D é um dos gatilhos para a psoríase, portanto, manter os níveis da vitamina normalizados é muito importante. Mantenha a pele hidratada: a pele ressecada é uma vilã
Blog
Já estão valendo as novas regras para que a população acesse de forma mais simples os medicamentos do Componente Especializado, indicados para doenças crônicas e raras O Ministério da Saúde publicou portaria que altera critérios para facilitar o acesso da população aos medicamentos do chamado ‘Componente Especializado da Assistência Farmacêutica (CEAF)’. São
Blog
Serfiotis: o paciente que já faz uso de medicamento biológico originador tem o direito de continuar o tratamento com o medicamento adequado Medicamentos biológicos são aqueles produzidos a partir de organismos vivos, como células e bactérias. Os biossimilares são medicamentos que devem possuir a mesma eficácia e segurança dos medicamentos
Blog
Presidente deputado Dr. Leonardo e vice-presidente Deputado Carlos Gomes.
Blog

O Projeto de Lei 5415/19 proíbe o Sistema Único de Saúde (SUS) de receitar medicamento biossimilar para paciente que já está sendo tratado com medicamento biológico de referência sem consulta prévia ao médico responsável pelo tratamento. O texto tramita na Câmara dos Deputados.

Medicamentos biológicos são aqueles produzidos a partir de organismos vivos, como células e bactérias. Os biossimilares são medicamentos que devem possuir a mesma eficácia e segurança dos medicamentos originais, ainda que não sejam idênticos.

Conforme o projeto, o biossimilar somente poderá ser adotado em pacientes em início de tratamento, ainda que o medicamento de referência tenha sido prescrito.

“Em princípio, um paciente novo pode ser tratado com medicamento biossimilar. Mas no caso do paciente que já faz uso de medicamento biológico originador, este deve ter o direito de continuar o tratamento com o medicamento adequado”, disse o deputado Alexandre Serfiotis (PSD-RJ), autor do projeto.

O texto, que altera a Lei Orgânica da Saúde, determina ainda que o prontuário clínico do paciente registrará as informações relativas à manutenção, ou não, do medicamento biológico originador. O paciente terá direito de acesso ao prontuário a qualquer tempo.

Tramitação
O projeto será analisado em caráter conclusivo pelas comissões de Seguridade Social e Família; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Reportagem – Janary Júnior
Edição – Marcia Becker